Sabemos que muitas são as dúvidas que passam pela cabeça das pessoas antes de contratar uma seguradora. Ciente disso, elaboramos um conteúdo para apresentar as quatro principais. Elas podem te ajudar a entender melhor esse universo, bem como a tomar a decisão certa. Confira!

Seguros, de uma forma geral, são uma ótima alternativa para se prevenir de situações que podem acometer a todas as pessoas, bem como o seu patrimônio, como o furto de um carro, por exemplo. Por isso, muitas delas contratam seguro de vida, seguro auto, seguro patrimonial e tantos outros.

No entanto, sabemos que muitas são as dúvidas que passam pela cabeça das pessoas antes de contratar uma seguradora. Ciente disso, elaboramos este conteúdo para apresentar as quatro principais. Elas podem ajudar você a entender melhor esse universo, bem como a tomar a decisão certa. Confira!

 

  1. Qual é o papel de uma seguradora?

Se pensar bem, a relação entre segurado e seguradora começa quando esta oferece seus produtos e aquele contrata. Mas, nesse processo, qual é o papel de uma seguradora?

Desse modo, a seguradora é a empresa responsável pelo produto passível de seguro, isto é, é ela que oferece o produto e assume todos os riscos dessa operação. O produto pode ser um seguro auto, seguro de vida, seguro patrimonial e tantos outros.

Diante disso, fica fácil saber que é ela que garante a indenização do segurado, seja ele pessoa física ou jurídica, no caso de haver cobertura no contrato ou apólice.

 

  1. A seguradora é habilitada pela Superintendência de Seguros Privados (SUSEP)?

Essa dúvida é bastante comum e pertinente, considerando o fato de que a seguradora precisa estar habilitada para operar, ou seja, comercializar seus produtos e cumprir seus deveres e obrigações quanto ao segurado, ou melhor, à pessoa física ou jurídica que adquiriu algum de seus seguros.

Por isso, antes de contratar algum produto da seguradora, certifique-se de que ela está legalmente autorizada e habilitada para operar com a venda de seguros.

Vale dizer que é a SUSEP que controla e fiscaliza o mercado de seguros, previdência privada aberta, capitalização e resseguro, de sorte que se você identificar algum problema no que se refere a uma seguradora, é possível realizar uma reclamação nesse órgão, para que ele tome as providências necessárias.

 

  1. Quais são os tipos de seguros oferecidos por uma seguradora?

Essa dúvida é bastante comum, embora, hoje, muitas pessoas consigam resolvê-la acessando o site da seguradora. Mas, uma seguradora pode oferecer vários tipos de seguros (no âmbito de diversos grupos), entre eles podemos destacar os seguintes:

– Seguro automóvel;

– Seguro cascos;

– Seguro crédito;

– Seguro habitacional;

– Seguro patrimonial.

Gostaria de conhecer mais tipos de seguros que você pode encontrar no mercado? Então não deixe de acessar nosso site agora mesmo. Combinado?

 

  1. Existe carência para que o segurado usufrua do seguro?

Em regra, somente alguns tipos de seguros exigem carência. Um deles é o seguro de vida, por exemplo. Nesse caso, a maioria das seguradoras exige um período de carência de 24 meses de contratação (em algumas coberturas) do seguro para que o segurado ou quem ele indicar possa receber a indenização.

Você ainda tem mais dúvidas sobre uma seguradora? Em caso de resposta positiva, não deixe de entrar em contato conosco. Podemos te ajudar!

 

Compartilhar: