O Seguro Garantia é importante para as partes envolvidas em algum tipo de negócio, desde prestação de serviços, até venda de produtos. Entenda o que é este modelo e como ele funciona.

Entre os vários tipos de seguro oferecidos para pessoas e empresas, existe o chamado Seguro Garantia. Como qualquer outro serviço, é importante entender bem como funciona este formato para saber se vale a pena investir nisso.

Por isso, nosso objetivo, como corretora de seguros, é apresentar mais informações sobre o Seguro Garantia, mostrando do que se trata e como funciona. Assim, os interessados terão todos os pontos necessários para saber exatamente como este serviço auxilia quem o contrata.


O que é o Seguro Garantia

Para começar, vamos falar sobre o que é o Seguro Garantia. Na prática, o nome já diz bastante sobre este modelo: ele é uma maneira que uma parte de um determinado contrato tem para garantir que tudo seja cumprido.

Quando um acordo vai ser assinado, as partes precisam ter garantias e recompensas para o caso de o contrato acabar sendo descumprido. O Seguro Garantia atua justamente com este objetivo, de fornecer estas garantias.

Isso vale para diversos tipos de acordo, como venda e entrega de produtos, obras públicas ou privadas, prestação geral de serviços etc. Qualquer que seja o formato de contrato e os conteúdos envolvidos, é fundamental ter o Seguro Garantia, para que todas as partes tenham maior segurança para assinatura, com a certeza de que não ficarão na mão caso algo dê errado.

Antes de falarmos como funciona a formação de uma relação com Seguro Garantia, já pedimos ao leitor que conheça mais sobre nosso trabalho. Somos uma corretora de seguros com atuação destacada e estamos à disposição para fornecer os melhores serviços. Seja qual for sua necessidade neste sentido, fale conosco e vamos trabalhar juntos.

Como funciona o Seguro Garantia

Agora que falamos sobre o que é e quais são os principais objetivos de um Seguro Garantia, é importante entender como funciona a estrutura deste formato. De um lado, temos o segurado.

No caso, é o lado que conta com este serviço para ter a garantia de que, caso algum fator não seja cumprido na relação estabelecida, haverá reembolso, recuperação ou o que estiver previsto no contrato com as outras partes.

Do outro lado, temos o chamado tomador. Este elemento é o responsável por fornecer o serviço ou a venda, por exemplo. No caso, é o lado que precisa cumprir as obrigações. Ou seja, se isso não ocorrer, ele estará amparado pelo seguro, que garantirá o cumprimento das obrigações em caso de não cumprimento.

Mediando tudo isso e agindo como porto seguro, está justamente a seguradora que oferece a garantia.

Ou seja: de um lado, está o segurado como beneficiário da apólice em questão. Do outro, o tomador, que precisa cumprir as obrigações previstas em contrato para que a apólice não seja acionada. E a seguradora emite a apólice e garante os direitos do segurado. Obviamente, o tomador é quem paga o prêmio da apólice caso o seguro seja necessário, com a corretora cobrindo os termos previstos.

 

Fale conosco

Mais uma vez, convidamos o leitor a falar conosco. Somos uma corretora de seguros preparada para dar todas as informações e oferecer os melhores serviços neste segmento. Se você precisa de seguro, conte conosco, estamos à sua disposição para resolver o problema.

Compartilhar: